"A Vida, como a fizeres, estará contigo em qualquer parte." (Autoria desconhecida)

A máquina de ser - João Gilberto Noll


Cada um dos 24 contos de 'A máquina de ser' é um convite à observação da solidão. Para isso, o autor concentra suas narrativas no campo onde o ser humano está condenado a ser sempre só - o do pensamento, insondável e impenetrável. Em meio aos gestos automáticos e banais do dia-a-dia, seus personagens tentam se encontrar na vastidão de suas mentes, onde não há ninguém para ajudá-los a erguer as fronteiras entre o que é vivido de fato e o que é imaginado, sonhado ou fantasiado. A disposição temática dos contos reunidos em 'A máquina de ser' contempla uma diversidade de narradores e atmosferas cujo encadeamento confirma e, ao mesmo tempo, renova a habilidade que o autor tem de surpreender - e desestabilizar - seu leitor, na medida em que revela novas, profundas e inesgotáveis possibilidades de ser.

0 Response to "A máquina de ser - João Gilberto Noll"